quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Texto ANTÔNIO E A TEMPESTADE, de Elisângela Terra, para treinar palavras com AM-EM-IM-OM-UM

·        Leia o texto muitas vezes e faça o que se pede:

ANTÔNIO E A TEMPESTADE

A tempestade estava chegando!
Antônio deu uma cambalhota e saiu correndo pela campina. Então, Antônio lembrou-se que não poderia esconder embaixo do pessegueiro. “É perigoso!”, falava a mamãe. “Quando vem o temporal, temos que correr para casa!”.
No caminho, Antônio viu as pombinhas encolhidas, não viu o bambu, tropeçou e caiu, e, assim foram para o chão, as suas compras: as empadas, as carambolas, o bombom e a lâmpada. Ele machucou o umbigo. A mamãe veio ajudar Antônio.
Os dois correram para dentro de casa. Foi um temporal muito forte. A rampa ficou toda suja e mamãe limpou-a, depois que a tempestade passou.
- É, setembro é sempre assim! - falou a mamãe.
A tempestade já estava longe e Antônio foi brincar no computador. Agora, ele estava cansado e queria viver aventuras mais tranquilas no mundo virtual.

· Numere os parágrafos.

· Escolha um trecho do texto, copie-o, no caderno de Arte, e, faça um desenho, representando-o.

· Copie todas as palavras que estão destacadas no texto, no caderno de Tarefa, para, a seguir:
a) Separá-las em sílabas.
b) Colorir a sílaba do MEIO ou MEDIANA, daquelas palavras que tenham três sílabas.





Clique AQUI  e conheça mais histórias






Nenhum comentário:

Postar um comentário