segunda-feira, 31 de outubro de 2016

2º Ano - Textos pequenos para leitura e interpretação





Diariamente, nossos alunos leem textos, e, são convidados a refletir sobre o que leram, a partir de questões propostas juntamente com o texto e, também, outras, que fazem parte do repertório de perguntas das professoras.
Querem saber quais são estas perguntas e se são iguais àquelas que você estão acostumados a fazer? Logo estarei postando este repertório de perguntas.
Espero que vocês voltem mais vezes para visitar meu blog. 
Até mais! 


Leia o texto QUE PASSARINHO COMILÃO e resolver as questões:
Leitura interpretação texto Que passarinho comilão
                                                            QUE PASSARINHO COMILÃO!. Texto retirado da Cartilha Caminho Suave

· Escreva quem são os personagens desta história:

· No começo da história:
(  ) Cassiana falou que o osso não era comida de pássaro.
(  ) Joli latiu, latiu.
(  ) o passarinho bicou o osso de Joli.
(  ) o passarinho colorido estava no muro.

· Cassiana achou que o passarinho era:
(  ) estranho.
(  ) comilão.
(  ) levado.
(  ) educado.

· Escreva a última palavra do texto:





Leia o texto O GATO LEVADO e marcar a resposta certa:

                                  O GATO LEVADO 
Imagem O gato levado
 Miau... miau... miau...
O gato da vovó Maria caiu no buraco!
Coitado!
Vera pega o gato e leva para a sala. Ela dá leite para ele.
O gato vê a gaiola na cadeira. Ele pula na cadeira.
Vera berra e o gato derruba a gaiola.  Ele corre para o mato.
Vera coloca a gaiola na parede.
Como o gato da vovó Maria é levado!
O GATO LEVADO. Texto retirado da Cartilha Caminho Suave
· Numere os parágrafos.

· Colorir o parágrafo que tem mais palavras.

· O gato correu para o mato porque:
(  ) ele queria brincar com a ave amarela.
(  ) ele ficou com medo de Vera.
(  ) Vera falou para ele ir passear.
(  ) ele estava cansado de brincar na casa da vovó Maria.





Texto O PASSARINHO GULOSO




Clique AQUI  e conheça mais histórias










domingo, 30 de outubro de 2016

2º Ano - Texto para leitura e interpretação O MACACO JÚLIO


Texto O MACACO JÚLIO
Texto O MACACO JÚLIO




Clique AQUI  e conheça mais histórias








1º Ano - Texto para ler e interpretar O IOIÔ DE RAFAEL, de Elisângela Terra

Leia o texto O IOIÔ DE RAFAEL, de Elisângela Terra, e resolva as questões:

Texto O IOIÔ DE RAFAEL, de Elisângela Terra
Texto O IOIÔ DE RAFAEL, de Elisângela Terra

  • Colorir, no texto, de verde, a frase que mostra quem deu o ioiô para Rafael.
  • Colorir, de amarelo, no texto o que o amigo de Rafael falou.


Clique AQUI  e conheça mais histórias









1º Ano - Texto A BONECA DE ANA, de Elisângela Terra







Texto A BONECA DE ANA, de Elisângela Terra
Texto A BONECA DE ANA, de Elisângela Terra


Sugestões de perguntas e atividades a serem feitas a partir da audição e/ou leitura deste texto:
  1. Quem ganhou uma boneca?
  2. Quando Ana ganhou sua boneca?
  3. Ana gostou de ganhar esta boneca? Por quê?
  4. Como é a boneca de Ana?
  5. Quem conta esta história?
  6. Onde e como foi a festa de Ana? Podemos encontrar esta informação neste texto?
  7. Imagine a festa de Ana. Agora, conte tudo o que você imaginou para seus colegas.
  8. Represente a expressão facial de Ana ao ganhar a boneca.




Clique AQUI  e conheça mais histórias

2º Ano - Leitura e interpretação do texto O GATO MIMO E O NOVELO DE LÃ

Mimo é um gatinho, ele quer brincar com o novelo de lã mas... ele não pode! O que fazer então?! É, claro! Mimo vai dormir. 
Leia o texto com e para seus alunos. Explore a estrutura deste gênero textual, e de outros que estão postados neste blog, e, ajude seus alunos no desenvolvimento das capacidades necessárias à leitura e interpretação!

Texto O GATO MIMO E O NOVELO DE LÃ
Texto O GATO MIMO E O NOVELO DE LÃ




Clique AQUI  e conheça mais histórias








2º Ano - Texto MÔNICA E SANSÃO, de Elisângela Terra

Texto MÔNICA E SANSÃO, de Elisângela Terra
Texto MÔNICA E SANSÃO





Clique AQUI  e conheça mais histórias







Leitura A MENINA LEVADA E O GATO DA RUA com interpretação, para o 2º ano





Você pode encontrar o texto A MENINA LEVADA E O GATO NO MURO na página


2º Ano - Leitura e interpretação do texto PATATÁ, de Elisângela Terra







Texto PATATÁ, de Elisângela Terra
Texto PATATÁ, de Elisângela Terra




Clique AQUI  e conheça mais histórias


1º Ano - Texto PULAR CORDA, de Elisângela Terra






  • Ler o texto muitas vezes:
Texto PULAR CORDA, de Elisângela Terra
Texto PULAR CORDA

  • Colorir o nome da criança que é a mais esperta para pular corda, toda vez que ele aparecer:



Clique AQUI  e conheça mais histórias


1º Ano - Texto A PIPA E O VENTO, de Elisângela Terra







  • Leia o texto abaixo:
Texto A PIPA E O VENTO, de Elisângela Terra
                        Texto A PIPA E O VENTO
  • Colorir a última palavra do texto.




Clique AQUI  e conheça mais histórias

3º ANO PROJETO DE LEITURA HOJE É DIA DE HISTÓRIA

Os alunos do 3º Ano, da escola onde trabalho, participam do projeto Hoje é dia de história que tem por objetivo desenvolver a linguagem oral, a leitura e a interpretação. Este projeto está dividido em três fase:

1ª  fase
1) Dias de preparação:
· Explicar para as crianças como será desenvolvido este projeto.
· Escolher um dia da semana para contar histórias para os colegas de uma turma do 2º ano.
· Apresentar a caixa Hoje é dia de história que deverá conter vários livros.
· Pedir a elas que escolham um dos livros.
· Durante a semana, as crianças deverão treinar a leitura deste livro tanto na escola quanto em casa, bem como, a contação desta história.
· Para treinar a contação, pedir as crianças que, em duplas, uma leia o livro que a outra escolheu.
· Pedir a “dona” do livro que o reconte esta história para que a outra criança da dupla possa dizer se ela contou ou não certo.
· Depois, a outra criança da dupla deverá contar a história para seu colega.

2ª  fase
2) Dia de contar história:
· Visitar a turma do 2º Ano a qual vai acompanhar durante a realização deste projeto.
· Escolher um lugar da escola para que a dupla possa contar para a criança do 2º Ano a história escolhida.
· Após cada criança contar sua história, apresentar o texto para a criança do 2º Ano falando sobre qual tipo de gênero textual ele representa.

3ª  fase
Avaliação:
· De volta à sala de aula, contar o que achou desta experiência.
· Como Tarefa de casa, produzir um relatório falando tudo o que vivenciou nesta experiência.
· Na sala de aula, ler o relatório para os colegas.
  

Nossos alunos gostam muito de ler para seus colegas menores. Muitos deles ficam nervosos, inicialmente, mas com o tempo, acostumam-se e gostam muito de participar deste projeto. Espero que vocês gostem da ideia.
Até mais!


Clique AQUI  e conheça mais histórias 



1º Ano - Texto O PRESENTE DE REBECA E RENATO, de Elisângela Terra




Iniciar, fazendo o levantamento de hipóteses, onde os alunos tentarão descobrir quais informações traz o texto. A seguir, fazer uma leitura compartilhada e de análise das informações contidas no texto. Comparar as informações relacionadas durante o levantamento de hipóteses comparando as informações que agora têm do texto, destacando quais informações foram confirmadas com a leitura deste. 

Texto O PRESENTE DE REBECA E RENATO, de Elisângela Terra
                                                                                                             Texto O PRESENTE DE REBECA E RENATO


Sugestões de perguntas a serem feitas após as fases de levantamento de hipóteses e de leitura/audição do texto: 
  • Qual é o parentesco de Rebeca e Renato?
  • Quem ganhou um presente do vovô?
  • O que a vovó deu de presente para Renato?
  • O que as crianças fizeram após ganhar os presentes?
  • O brinquedo que as crianças ganharam é antigo ou atual?
  • Por que é bom brincar?
  • Será que as crianças gostaram do presente que elas ganharam?
  • Vocês já brincaram de pião? 




Clique AQUI  e conheça mais histórias

sábado, 29 de outubro de 2016

1º Ano - Leitura e interpretação do texto BORBOLETA E O PINTINHO, de Elisângela Terra






  • Leia o texto A BORBOLETA E O PINTINHO:
Texto A BORBOLETA E O PINTINHO, de Elisângela Terra
Elisângela Terra
Texto A BORBOLETA E O PINTINHO

  • Colorir como o pintinho Loli fica ao ver a borboleta Gina.




Clique AQUI  e conheça mais histórias



quinta-feira, 27 de outubro de 2016

1º Ano - Trabalhando com gráficos






Gráfico JOGANDO BASQUETE
Gráfico JOGANDO BASQUETE




Gráfico ANIMAL PREFERIDO
Gráfico ANIMAL PREFERIDO




Gráfico BRINCADEIRA PREFERIDA
Gráfico BRINCADEIRA PREFERIDA




Gráfico ANIMAL QUE TÊM DENTES PREFERIDO DA TURMA
Gráfico ANIMAL QUE TÊM DENTES PREFERIDO DA TURMA








Gráfico NOSSA LENDA PREFERIDA
Gráfico NOSSA LENDA PREFERIDA








Produzindo gráfico
Produzindo gráfico


Textos com interpretação para o 2º Ano






Olá, pessoal!
Os textos que você podem ler abaixo fazem parte do Projeto Caderno de Textos, que tem como objetivo que as crianças possam desenvolver a leitura e a capacidade de compreender textos. 
Em nossa escola, temos um combinado de que nossas crianças levem Tarefa para casa, de 2ª a 5ª feira. A cada um destes dias, elas levam um texto diferente, como Tarefa de Casa, que deverá ser lido, copiado e interpretado com ou sem a ajuda da família. Pedimos aos pais que ajudem, principalmente, ouvindo e incentivando suas crianças. 
De volta a sala de aula, nossas professoras trabalham estes textos, esmiuçando-os, detalhadamente.
Espero que gostem das dicas e aproveitem os textos em suas aulas ou para treinar a leitura das crianças que têm em casa!
Bom trabalho! Até a próxima!


Não consegui encontrar os autores de alguns dos textos abaixo, mas, 
tão logo obtiver esta informação, darei crédito a quem tem direito.


Leia o texto e marque a resposta certa:
Texto A PATA TIANA
Texto A PATA TIANA
·        Numere os parágrafos.

·        Colorir o parágrafo que tem mais palavras.

·        A pata Tiana não gosta de:
(  ) dar um mergulho na lagoa.
(  ) passear pelo sítio.
(  ) sacudir as penas.
(  ) sujar suas penas.





Leia o texto e marque a resposta certa: 
Texto LUPITA
Texto LUPITA
·        Quem conta esta história é:
(  ) uma gata.
(  ) uma vaca.
(  ) uma galinha.
(  ) uma cachorra.

·        É a última palavra do texto:
(  ) casa.
(  ) feliz.
(  ) à.
(  ) Eu.





Leia o texto e marque a resposta certa:
Texto CHORÃO, O CACHORRO MEDROSO
Texto CHORÃO, O CACHORRO MEDROSO
 ·        Numere os parágrafos.

·        É o parágrafo que fala quem é o dono de Chorão:
(  ) 1º parágrafo.
(  ) 10º parágrafo.
(  ) 5º parágrafo.
(  ) 3º parágrafo.

·        Chorão é um cachorro que:
(  ) chora muito porque tem medo de tudo.
(  ) foi visitar Chuvisco e Bolacha.
(  ) fugiu da vaca malhada.
( ) não quer brincar com o rato Chicote.

·        No trecho “... porque ELE ficou malcheiroso!”, a palavra ELE se refere:
(  ) ao Chico.
(  ) a Chorão.
(  ) ao rato Chicote.
(  ) a Chuvisco.




Leia o texto e marque a resposta certa: 
Texto BRINCADEIRAS ESQUECIDAS
Texto BRINCADEIRAS ESQUECIDAS 
 ·        O assunto deste texto é:
(  ) as brincadeiras de antigamente.
(  ) as brincadeiras que as crianças mais gostam de brincar.
(  ) como brincar de cabra-cega, bolinha de gude e de roda.
(  ) como ficamos ao ver televisão.






Clique AQUI  e conheça mais histórias










Textos com interpretação para o 3º Ano






No trabalho com os textos, como os postados abaixo, o professor ou a professora deverá realizar estratégias que deem a oportunidade de ativar os conhecimentos prévios ao aluno-leitor, mediante habilidades de investigação como adivinhar, formular hipóteses, fazer previsões, buscar alternativas, selecionar possibilidades, imaginar. A análise do gênero textual e o seu suporte, sua função e finalidade, também são tarefas fundamentais para o desenvolvimento das capacidades necessárias a compreensão de textos.


Leia o texto abaixo e marque a resposta certa:
Animais têm sentimentos?
Experiências e observações feitas por especialistas mostram que é possível que bichos sintam alegria, tristeza, raiva ou ciúme, como nós. Eles não falam, mas parecem demonstrar sentimentos em certas ações.
Há casos de elefantes que emitem sons diante de ossos de parentes mortos, como se estivessem se lamentando, e de búfalos que deslizam no gelo, aparentemente só por diversão.
Os cães, que convivem de perto com os humanos, conseguem expressar muitas emoções, como medo e alegria.
                                                            Maria Carolina Cristianini
Este texto foi retirado do site Universo Textual na Escola


Qual o tema desse texto?
(  ) Os sons dos elefantes
(  ) As brincadeiras dos búfalos.
(  ) A convivência entre cães e homens.
(  ) O sentimento dos animais.

Experiências e observações feitas por especialistas mostram que:
(  ) é impossível animal ter sentimento.
(  ) os elefantes choram.
(  ) somente os cães têm sentimentos.
(  ) é possível que bichos tenham sentimento.







Leia o texto abaixo e marque a resposta certa: 
MORADA DO INVENTOR
A professora pedia e a gente levava, achando loucura o monte de lixo: latas vazias de bebidas, caixas de fósforo, pedaços de papel de embrulho, fitas, brinquedos quebrados, xícaras sem asa, recortes e bichos, pessoas, luas e estrelas, revistas e jornais lidos, retalhos de tecido, rendas, linhas, penas de aves, cascas de ovo, pedaços de madeira, de ferro ou de plástico.
Um dia, a professora deu a partida, e transformamos, colamos e colorimos.
E surgiram bonecos (...), bichos (..) e coisas malucas (...)
E a escola virou morada do inventor.
Elias José. Nova Escola, junho 2000, n. 133.
Este texto foi retirado do site Sala de Leitura

No trecho “Um dia, a professora deu a partida, e transformamos, colamos e colorimos.”, a expressão em destaque significa:
(   ) iniciou a atividade.
(   ) ligou o carro.
(   ) quebrou um objeto.
(   ) saiu do local.

Frase do texto que apresenta uma expressão de tempo (quando):
(   ) “Um dia, a professora deu a partida.”
(   ) “A professora pedia e a gente levava...”
(   ) “E surgiram bonecos...”
(  ) “... latas vazias de bebidas, caixas de fósforo...”






Leia o texto abaixo e marque a resposta certa:
A COSTUREIRA DAS FADAS
 Depois do jantar, o príncipe levou Narizinho à casa da melhor costureira do reino. Era uma aranha de Paris, que sabia fazer vestidos lindos, lindos até não poder mais! Ela mesma tecia a fazenda, ela mesma inventava as modas.
 – Dona Aranha – disse o príncipe – quero que faça para esta ilustre dama o vestido mais bonito do mundo. Vou dar uma grande festa em sua honra e quero vê-la deslumbrar a corte.
Disse e retirou-se.
Dona Aranha tomou da fita métrica e, ajudada por seis aranhinhas muito espertas, principiou a tomar as medidas. Depois teceu depressa, depressa, uma fazenda cor-de-rosa com estrelinhas douradas, a coisa mais linda que se possa imaginar. Teceu também peças de fita e peças de renda e de entremeio – até carretéis de linha fabricou.
Monteiro Lobato. Reinações de Narizinho.
Este texto foi retirado do site ACESSABER

Narizinho precisava de um vestido porque:
(  ) ela gostava de ter muitos vestidos.
(  ) ela havia rasgado o vestido que usava.
(  ) ela iria visitar o príncipe.
(  ) iria acontecer uma festa em sua homenagem.

Frase que apresenta uma OPINIÃO:
(  ) “... o príncipe levou Narizinho à casa da melhor costureira do reino.”
(  ) “Disse e retirou-se.”
(  ) “Ela mesma tecia a fazenda...”
(  ) “Teceu também peças de fita...”












Leia o texto abaixo e marque a resposta certa:
O SAPO
Era uma vez um lindo príncipe por quem todas as moças se apaixonavam.
Por ele também se apaixonou a bruxa horrenda que o pediu em casamento.
O príncipe nem ligou e a bruxa ficou muito brava. “Se não vai casar comigo não vai se casar com ninguém mais!”
Olhou fundo nos olhos dele e disse: “Você vai virar um sapo!”

Ao ouvir esta palavra o príncipe sentiu estremeção. Teve medo. Acreditou. E ele virou aquilo que a palavra feitiço tinha dito. Sapo. Virou um sapo. 

                                                                                                                      Rubem Alves.

Este texto foi retirado do site EDUCAR PARA TRANSFORMAR E CRESCER

No trecho “O príncipe NEM LIGOU e a bruxa ficou muito brava”, a expressão destacada significa que:
(  ) não acreditou na bruxa.
(  ) não deu atenção ao pedido de casamento.
(  ) não entendeu o pedido de casamento. 
(  ) não respondeu à bruxa. 

O problema do príncipe começou quando:
(  ) a bruxa horrenda se apaixonou por ele.
(  ) a bruxa olhou nos seus olhos.
(  ) ele virou um sapo.
(  ) as moças se apaixonavam por ele.






Leia o trecho do conto O feitiço do sapo e copie-o:
O FEITIÇO DO SAPO
Todo lugar sempre tem um doido. Piririca da Serra tem Zóio. Ele é um sujeito cheio de ideias, fica horas falando e anda pra cima e pra baixo, numa bicicleta pra lá de doida, que só falta voar. O povo da cidade conta mais de mil casos de Zóio, e acha que tudo acontece, coitado, por causa da sua sincera mania de fazer “boas ações”.
Outro dia, Zóio estava passando em frente à casa de Carmela, quando a ouviu cantar uma bela e triste canção. Zóio parou e pensou: que pena, uma moça tão bonita, de voz tão doce, ficar assim triste e sem apetite de tanto esperar um príncipe encantado. Isto não era justo. Achou que poderia ajudar Carmela a realizar seu sonho e tinha certeza de que justamente ele era a pessoa certa para isso. Zóio se pôs a imaginar como iria achar um príncipe para Carmela. Pensou muito para encontrar uma solução e finalmente teve uma grande ideia de jerico: foi até a beira do rio, pegou um sapo verde e colocou-o numa caixa bem na porta da casa dela.
                                                             FURNARI, Eva. O feitiço do sapo. São Paulo: Editora Ática, 2006, p. 4 e 5.
Este texto foi retirado do site ADVANCE KIDS

Marque com um (X) a resposta certa:
A intenção de Zóio ao colocar um sapo na porta da casa de Carmela foi:
(  ) ajudá-la a cantar com voz mais doce ainda.
(  ) ajudá-la a encontrar um príncipe encantado.
(  ) encontrar alguém para cuidar do sapo que vivia no rio.
(  ) fazer uma surpresa, dando-lhe um sapo de presente.

Colocar um sapo na porta da casa de Carmela foi uma ideia de jerico, porque essa ideia é:
(  ) secreta.
(  ) absurda.
(  ) perigosa.
(  ) maldosa.

Quem narra esta história é:
 (  ) o sapo.
 (  ) Zóio.
 (  ) Carmela.
 (  ) a autora.






Leia o texto e marque a resposta certa: 
A SOCIEDADE DAS FORMIGAS
No formigueiro, as tarefas são organizadas.
A maior formiga de um formigueiro é a rainha.
O restante das formigas são todas operárias. E cada operária tem uma função. Algumas cavam túneis, outras cuidam das larvas (formigas recém-saídas dos ovos) e outras fazem a limpeza do formigueiro.
Existem as operárias que cultivam os fungos que servem de alimento para a colônia inteira e, ainda, aquelas que coletam alimentos para esses fungos.
No interior do formigueiro, vive a rainha. A função dela é colocar ovos.
Os soldados são formigas grandes e fortes, responsáveis pela segurança do formigueiro.


- O ASSUNTO principal deste texto é:
(  ) a função de cada formiga no formigueiro.
(  ) como as formigas cultivam fungos.
(  ) onde as formigas vivem.
( ) quais são as formigas que defendem o formigueiro.

- Das funções escritas abaixo é a ÚNICA que não pertence às formigas operárias:
(  ) cavar túneis.
(  ) cuidar das larvas.
(  ) cultivar os fungos.
(  ) defender o formigueiro.




Clique AQUI  e conheça mais histórias